Saúde

43% da população diz que saúde pública deve ser prioridade do governo, diz pesquisa

Educação foi a segunda área mais citada. Foram ouvidas 2.012 pessoas nos 26 estados e no Distrito Federal. Pesquisa é da CNI.

 

foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A saúde pública foi a área mais apontada pela população como prioritária para o Brasil nos próximos três anos. Conforme 43% dos brasileiros consultados, a saúde deve ser a principal preocupação dos governos, revela a pesquisa ‘Retratos da Sociedade Brasileira nº 61’, da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Foram ouvidas 2.012 pessoas nos 26 estados e no Distrito Federal.

 

A pesquisa também mostra que, para 23% dos entrevistados, a principal área de atenção na saúde pública deve ser aprimorar as infraestruturas hospitalares e dos postos de saúde. De acordo com 22%, é necessário reduzir as filas e a espera por consultas e atendimentos, enquanto outros 22% apontam que é importante combater a corrupção e o desvio de verbas.

 

Além disso, 21% avaliam que a contratação de mais profissionais da saúde, como médicos e enfermeiros, deveria ser a prioridade. A saúde pública foi citada como prioridade em todas as regiões brasileiras, com destaque para o sudeste (31%) e nordeste (31%).

Continua depois da publicidade

EDUCAÇÃO EM 2º

 

Educação pública foi a segunda área mais citada (34%) como prioritária para o Brasil nos próximos três anos, seguida de geração de empregos (16%) e segurança pública (10%). A pesquisa foi realizada pela CNI em parceria com o Instituto de Pesquisa em Reputação e Imagem (IPRI), da FSB Holding. As perguntas foram abertas e cada entrevistado poderia citar até dois problemas de forma espontânea.

 

O escritório da Sou Patos está situado no seguinte endereço:

 

Rua Olegário Maciel, 63 – sala 108

Centro

Patos de Minas – MG

CEP: 38.700-122