Saúde

Brasil alcança 2,2 milhões de casos de dengue em 2024; MG é o 2º estado com a maior taxa de incidência

O número de óbitos confirmados é de 758, sendo que outros 1.252 estão sob investigação.

Fiscais verificam possíveis focos da dengue (foto: Paulo Pinto/Agência Brasil)

O Ministério da Saúde contabiliza mais de 2,265 milhões de casos de dengue no Brasil em 2024. Desse total, 758 resultaram em morte, número que pode aumentar, uma vez que ainda há 1.252 óbitos em investigação. De acordo com balanço divulgado pelo Governo, o coeficiente de incidência da doença está em 990,3 casos para cada grupo de 100 mil habitantes.

 

O Distrito Federal segue como a unidade da federação com maior taxa de incidência de casos, seguido por Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Goiás. Somados, esses cinco estados concentram 59% dos casos de dengue do país. A faixa etária que mais tem registros da doença é de 20 a 29 anos, com mais de 431 mil diagnósticos, ou quase 19% do total. A maioria das pessoas que contraiu dengue este ano é mulher: 55,4%.

 

A situação de emergência em saúde pública já foi decretada no Distrito Federal e em 10 estados: Acre, Amapá, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Continua depois da publicidade

REDISTRIBUIÇÃO DA VACINA

 

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, declarou que irá redistribuir as doses da vacina da dengue não aplicadas para novos municípios. A medida foi informada em coletiva de imprensa com a titular da pasta, que anunciou também a liberação de R$ 300 milhões para o apoio a municípios na compra de medicamentos, soros e outros itens essenciais para o cuidado dos pacientes com dengue. Até o momento, Patos de Minas não recebeu doses da vacina para serem distribuídas via SUS.

 

O escritório da Sou Patos está situado no seguinte endereço:

 

Rua Olegário Maciel, 63 – sala 108

Centro

Patos de Minas – MG

CEP: 38.700-122